Protestos

5 mil pessoas contra a PEC 241 no Rio de Janeiro

Cerca de cinco mil pessoas estiveram presentes à manifestação no dia 17 de outubro no Rio de Janeiro, que contou com professores, estudantes e sindicatos.

Os manifestantes caminharam da Cinelândia para a Avenida Chile, em frente à Petrobras, onde ocorria uma reunião de cúpula – ao que tudo indica, sobre a própria PEC 241. O objetivo era pressionar. O ato também reivindica a anulação da Medida Provisória 746, a Reforma do Ensino Médio.

Na Avenida Chile, no Centro, a tensão entre a polícia e os manifestantes eclodiu após uma apresentação de fumaça em frente à Petrobras. A repressão policial usou bombas de gás lacrimogênio e gás de pimenta contra os manifestantes, que responderam com garrafas de vidro, pedras e bombas. Não recuaram. Barricadas chegaram a ser erguidas. Seguidos gritos de “queremos o fim da polícia militar” eram ouvidos.

14615847_328738187495938_6658372723622973259_o

Em seguida, o protesto seguiu pela Rio Branco de volta à Cinelândia, retornando para a frente da Câmara dos Vereadores.  Já com o ato terminando, quando as centenas de pessoas se dispersavam a tropa de choque da polícia militar chegou jogando bombas e agredindo os manifestantes.

14691357_328738027495954_3112668790600921535_o

A informação é de que três pessoas foram detidas. Dezenas de feridos. Os manifestantes novamente não recuaram e agentes da repressão também ficaram feridos.

Com informações e fotos de Midia1508.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Most Popular

To Top